Carrinho

Psicopedagogia do amor

R$50.00

Estamos vivendo uma época que se poderia descrever usando a metáfora de subir uma montanha, sem saber, e sem poder saber, o que nos espera do outro lado. Como preparar as novas gerações, para enfrentar o desconhecido e os dilemas de sua época? Dilemas com o quais nós, a geração de educadores, nunca nos confrontamos.  A saída é a criação de um processo educativo que leve o sujeito a ter uma visão crítica do mundo, possa analisá-lo e seguir seu próprio caminho, nos diversos níveis de sua vida, e tenha estrutura emocional para confrontar-se, sem medo, com o desconhecido. O mundo atual é um mundo que mal conhecemos e entendemos e será cada vez mais complexo. A prática de educar para o medo, a educação bancária, nas palavras de Paulo Freire, paralisa o sistema crítico do pensar. O estímulo ao consumismo desenfreado é a arma utilizada para incitar aqueles que buscam meios de fugir dessa tensão. Somente o amor opõe-se ao medo, é o que se apresenta como única saída possível.  A psicopedagogia do amor é o antídoto que confere a possibilidade de reconciliação do ser humano consigo mesmo e com o futuro.

Este livro traça o percurso, através do qual os educadores e educandos têm o ensejo de criar uma nova interação com o mundo, crítica, empática e aberta a uma relação de amor com a vida.

Simulação de frete

QUANTIDADE:
Comparar

Estamos vivendo uma época que se poderia descrever usando a metáfora de subir uma montanha, sem saber, e sem poder saber, o que nos espera do outro lado. Como preparar as novas gerações, para enfrentar o desconhecido e os dilemas de sua época? Dilemas com o quais nós, a geração de educadores, nunca nos confrontamos. A saída é a criação de um processo educativo que leve o sujeito a ter uma visão crítica do mundo, possa analisá-lo e seguir seu próprio caminho, nos diversos níveis de sua vida, e tenha estrutura emocional para confrontar-se, sem medo, com o desconhecido. O mundo atual é um mundo que mal conhecemos e entendemos e será cada vez mais complexo. A prática de educar para o medo, a educação bancária, nas palavras de Paulo Freire, paralisa o sistema crítico do pensar. O estímulo ao consumismo desenfreado é a arma utilizada para incitar aqueles que buscam meios de fugir dessa tensão. Somente o amor opõe-se ao medo, é o que se apresenta como única saída possível. A psicopedagogia do amor é o antídoto que confere a possibilidade de reconciliação do ser humano consigo mesmo e com o futuro.
Este livro traça o percurso, através do qual os educadores e educandos têm o ensejo de criar uma nova interação com o mundo, crítica, empática e aberta a uma relação de amor com a vida.

Peso 0.201 kg
Dimensões 17 × 21 × 10 cm
Loading...