Product ID: 199
Product SKU: 199
New In stock />
Crítica ao livro de Francis Fukuyama

Crítica ao livro de Francis Fukuyama


Por:
R$ 20,00

ou 12x de R$ 2,06 com juros
Simulador de Frete
- Calcular frete

Maria Cristina Garcia

O capitalismo não representa o fim da História porque nenhum sistema dura para sempre, como o mostram a História e a dialética materialista. Nosso ensaio se propõe a criticar veementemente o livro de Francis Fukuyama, de nome O Fim da História e o Último Homem com base na concepção marxista da História (materialismo histórico e dialética materialista), criada em 1848 na obra A Ideologia Alemã, escrita por Karl Marx e Friedrich Engels, e depois desenvolvida por Lênin e os teóricos do século XX, dos quais o mais atuante é o filósofo húngaro István Mészáros.Nosso ensaio crítico se propõe a alertar os que não sabem que a “nova ordem mundial” sob a hegemonia dos Estados Unidos não representa o fim da História, mas uma etapa transitória que, através da repressão, tenta conter as forças progressistas, existentes principalmente nos países do Hemisfério Sul (Terceiro Mundo), produtores de matérias primas.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

    Confira os produtos